frente.jpg

Educação, Sexualidades e Direitos Humanos no Contexto Escolar

Carina Alexandra Rondini; Ana Maria Klein; Luciana Aparecida Nogueira da Cruz; Monica Abrantes Galindo (Orgs.)

O debate sobre temas contemporâneos, como educação em direitos humanos, com foco na sexualidade nos espaços educativos, formais e não formais, é urgente e necessário, considerando que compreendemos esses espaços como locais formativos que tratam de conhecimentos específicos, valores, comportamentos e atitudes. Esses conhecimentos, quando trabalhados em uma perspectiva de respeito integral a todas as pessoas e à natureza, contribuem para formar seres humanos mais civilizados, conscientes do seu papel social no mundo em que vivem. Historicamente, a sociedade brasileira convive com práticas violentas que foram historicamente se naturalizando, pela cultura escravocrata, na qual o ser humano era visto como objeto de desejo, de negócio, podendo ser vendido, trocado e violentado. Ou seja, eram violências, as torturas praticadas pelo Estado brasileiro, e até consideradas legítimas, dentro de um estado de exceção ditatorial. É nesse caldo cultural que a sociedade brasileira foi e vem se projetando, e chegamos ao século XXI, matando e violentando pessoas por serem diferentes ou por não serem vistas no padrão de “normalidade”. As práticas de violência ainda estão presentes, no dia a dia do(a)s brasileiro(a)s, em que sistematicamente atos violentos são praticados contra pessoas negras, com deficiência, do grupo LGBT, contra mulheres, crianças, idoso(a)s, indígenas e inclusive contra as pessoas por opções religiosas ou políticas. Com essa intencionalidade, o livro – organizado em artigos de diferentes autore(a)s, com questões e temas muito pertinentes para a sociedade brasileira, com destaque para os profissionais, estudantes da área da Educação – vem colaborar para desconstruir valores homofóbicos, preconceituosos e discriminatórios, introjetados e subjetivados nas pessoas, principalmente pelos meios de comunicação de massa, sem que muitas vezes tenham consciência de que estão reproduzindo esses valores.

Aida Maria Monteiro Silva

Nº de pág.: 171

ISBN: 978-65-5917-155-2

DOI: 10.22350/9786559171552